Translate

domingo, 23 de abril de 2017

NUMEROLOGIA EMPRESARIAL



Olá Meus Amores,


 
Agora, que já passei para vocês os conceitos básicos do empreendedorismo e antes de entrarmos em marketing e direito empresarial, vou mostrar como fazer a numerologia do nome da sua empresa.
 

Primeiro passo: Monte a Tabela




1

2

3

4

5

6

7

8

9

A

B

C

D

E

F

G

H

I

J

K

L

M

N

O

P

Q

R

S

T

U

V

W

X

Y

Z




Como exemplo vou usar o nome fictício: Bolos Da Deni Ltda.

Segundo Passo: Como dispor as letras e os números.

 B O L O S   D A    D E N I   L T D A

  2 6 3  6 1   4  1    4  5 5 9   3 2  4 1

 
Vejam, cada número ficou exatamente em baixo da letra correspondente.
 
Agora vamos somar:
 
Bolos = 2+6+3+6+1= 18
 
Da = 4+1= 5
 
Deni = 4+5+5+9 = 23
 
Ltda = 3+2+4+1= 10
 
 
Então teremos:

 
18+5+23+10= 56

 
Logo, o nome Bolos Da Deni Ltda, terá o número 11, neste caso não se soma mais, porque 11 é um número mestre, assim como os números 22, 33...
 
Mas vamos supor que a soma tivesse dado 57, então, 5+7=12, ai vocês somariam, 1+2=3 e o número seria=3.

Entendendo o que são números mestres:

Os números 11,22,33,44,55,66,77,88,99 são números cabalísticos e cada um possui sua energia totalmente ligada com o espiritual, por esta razão não são somados.

Os mais conhecidos, falados e estudados são o 11,22,33 e 44.

11- Representa o inicio, a intuição, o espiritual, agregando idealismo, paciência, misticismo, humanitarismo e carisma.

22- Representa construção, trabalho otimismo, agregando generosidade, lógica, espírito empreendedor e poder.

33- Representa os mestres ascensconados como Jesus Cristo, ou seja, O Líder, agregando capacidade de comandar, planejar, liderar com uma visão futurista e controle emocional.

44- Representa os anjos, agregando eficiência, projetos humanitários, comunicação e controle emocional.

A Energia de Cada Número:

1- Representa a energia do inicio, da vontade, da conquista, da justiça, da honestidade, da originalidade, da ousadia e da confiança, impulsionando a inovação e o crescimento.
Ideal para os setores que envolvam contratos de compra e venda, cálculos e financiamentos.

2- Representa o humanitário, trabalhos em equipe, pesquisas, estudos, perseverança, luta por um ideal, um caminho mais longo, mas com as escolhas certas te levara ao sucesso.

Ideal para os setores que envolvam projetos humanitários, sociais e causas de proteção dos animais.

3- Representa a energia da criação, favorecendo a comunicação e a criatividade, se tiver como base principal a honestidade lograra muito sucesso e felicidade.
Ideal para os setores de mídia e propagandas, ou, que necessitam de criação, imaginação.

4- Representa as seguintes energias, a de estabilidade e proteção, mas ao mesmo tempo a difícil adequação, o que pode acarretar uma rotatividade maior de funcionários, gerando gastos com treinamentos e rescisões contratuais.
Esta energia favorece os setores que envolvam reformas.

5- Representa a fácil adaptação com mudanças, criatividade e evolução, mas se não for bem administrada e organizada, só atraiará acúmulos desnecessários, levando ao desgaste de recursos e energia.

Ideal para setores que requer mais flexibilidade, que esta em constante mudanças, como por exemplo setores de artes, ou turismos.

6- Relacionado a energias da beleza da atração e da inspiração.
Ideal para setores que envolvam estética, beleza, grande circulação de pessoas, como por exemplo lojas e hotéis.

7-Representa a energia da espiritualidade, Deus criou o mundo em 7 dias, logo 7 é um número cabalístico que agrega muitos elementos e força do Universo.
Ideal para setores que envolvam a espiritualidade, a intuição, a leitura e o esotérico.

8-Representa a energia da organização, da competição e da liderança.
Ideal para setores que envolvam competitividade como o mercado de bolsa de valores e leilões.

9-Representa uma energia de constante encerramento, logo não é indicado para os negócios.

Veja o vídeo e saiba como alterar o número do nome que você escolheu.



Beijos meus amores!😻😺

quinta-feira, 20 de abril de 2017

SÉRIE TRICÔ INICIANTES - PONTOS BARRA 1/1 E 2/2



Olá Meus Amores,


Hoje estarei mostrando como fazer o Ponto Barra 1/1 e 2/2, estes pontos também são conhecidos como Pontos Sanfona.

O Ponto Barra 1/1 é muito utilizado para fazer punhos de mangas e barras de blusas, mas também serve para outros trabalhos.

Assim, como o Ponto Barra 2/2 que é muito usado em cachecóis, meias e demais trabalhos.

Para fazer o Ponto Barra 1/1 vocês vão tecer sempre um ponto meia e um ponto tricô, quando voltar a carreira, onde foi meia será tricô e onde foi tricô será ponto meia.

Assista ao vídeo e veja o passo a passo.



Para fazer o Ponto Barra 2/2 vocês vão tecer sempre dois pontos meia e dois pontos tricô, quando voltar a carreira onde foram dois meias, serão dois tricôs e onde foram dois tricôs, serão dois meias.

Para o Ponto Barra 2/2, 3/3, 4/4... é necessário ter uma quantidade pares de pontos na agulha.

Assista ao vídeo e veja o passo a passo.



Na próxima semana, estarei ensinando como fazer um lindo gorro de duas cores.


Beijos meus Amores!😻😺

domingo, 16 de abril de 2017

SÉRIE EMPREENDEDORISMO - PRODUTO


Olá Meus Amores,



Vocês já sabem que serão a alma/condutor do seu negócio, assim como as finanças será a saúde/ motor, agora vamos falar sobre o produto/combustível, senão o carro não anda.

Todo mundo fala que para se ter um bom produto deve ter a melhor matéria-prima concordo, mas não é só isso, deve ter  um preço justo, uma boa dose de amor e respeito.

O amor é a energia mais poderosa do universo e tudo que você fizer com amor, será o melhor e se você oferecer um produto com a mesma qualidade e valor, tanto para o público de classe A ou classe E, você estará tendo respeito tanto pelos seus clientes, como com o seu produto.

Outro fator muito importante são os fornecedores, verifique sempre a procedência de seus produtos, se sempre cumprem seus prazos de entrega, tenha sempre mais de um fornecedor, para nunca correr o risco de ficar sem a sua matéria-prima, sem dizer que também é bom para negociar preços.

Veja seus clientes, não somente como compradores, mas também como parceiros.

Digamos que você vende comida e esta pensando em mais opções em seu cardápio, faça pequenas amostras e mande como cortesia para os clientes mais antigos, ou mais fieis e depois ligue para ter um feedback deles, faça uma boa pesquisa para saber o que eles acharam, não somente quando vocês forem lançar algo novo, mas também para ver onde vocês podem melhorar, o feedback de seus clientes pode ser um grande diferencial.


Para isso vocês devem montar uma carteira, ou cadastro de seus clientes.

As grandes empresas costumam contratar os serviços de pesquisas antes de lançarem um novo produto. 

Outra coisa muito interessante é vocês fazerem uma busca no reclame aqui e no Procon da sua região, lembra quando falei de conhecer seus concorrentes, é aqui que se encaixam, veja seus pontos fortes, seus pontos fracos e suas deficiências.

Por exemplo: se vocês forem oferecer um tipo de serviço cuja a demanda de reclamações é referente a entrega, esse pode ser seu grande diferencial, prometer e entregar até mesmo antes do prazo, um cliente satisfeito gera no mínimo uma indicação, já um cliente insatisfeito vai falar mal pelo menos para cem pessoas.

Todo mundo que oferece produtos e serviços deve conhecer o que diz o código de defesa ao consumidor.

Vocês devem ter percebido que tudo que falei até agora esta relacionado com as perguntas iniciais que fiz para vocês quando comecei a falar de empreendedorismo e que tudo esta relacionado uma coisa com a outra, é como um carro se alguma coisa não estiver funcionando direito, de uma hora para outra o carro pode parar e te deixar na mão.

Beijos meus amores!😺😻

sexta-feira, 14 de abril de 2017

SÉRIE TRICÔ INICIANTES - CACHECOL


Olá Meus Amores,







Para fazer este cachecol usei:

03 novelos de lã de 40g Mollet Cor 0608
01 novelo de lã de 40g Club Cor 725
Agulhas nº 07 e 05
7 grampos de cabelo
1 agulha para costurar
1 agulha de crochê
36 tiras de 40cm da lã Club para franja
36 tiras de 40cm da lã Mollet para franja

Receita:

Montar 33 pontos na agulha, subir 03 carreiras trabalhar individualmente os 11 primeiros pontos por pelo menos 1,38cm, depois trabalhar os próximos 11 pontos por pelo menos 1,22cm, depois trabalhar os 11 pontos restantes por pelo menos 1,38cm.

Trançar as tiras, costurá-las prendendo as duas tiras das pontas com a do meio, depois juntar os 33 pontos novamente na mesma agulha, subir 2 carreiras e finalizar na terceira carreira e colocar as franjas.

Total de franjas 9 para cada lado.

Siga o passo a passo nos vídeos:

Cachecol - 1ª Parte


Cachecol - 2ª Parte


Cachecol - 3ª Parte


Cachecol - 4ª Parte
 


 Cachecol - Final


Sugestões de:

Cores: Vermelho, azul, preto, verde, com a tira central branca, preto com cinza, ou lã mesclada com preto e branco, etc...

Pontos: Jersey, tricô, barra 2/2, arroz, entre muitos outros.

Obs.: O ponto barra é opcional de vocês fazerem ou não, mas fazê-lo da um melhor acabamento.

Duas dicas de como vocês podem usá-lo.

 











Meus amores, se vocês estão gostando dos vídeos inscrevam-se no nosso canal do You Tube, é gratuito, faço os vídeos com muito carinho de modo que vocês possam visualizar melhor as dicas e informações, não quero ter que parar, tenho muitas outras séries, dicas e informações para trazer para vocês, mas sem as inscrições de vocês, infelizmente será bem difícil continuar com os vídeos, para vocês terem uma ideia quero fazer uma  serie  cozinhando com a Deni onde ensinarei muitas dicas de como congelar os alimentos só que para isso terei que fazer vídeos  mais longos, mas só vou conseguir posta-los se tiver um determinado número de inscritos no canal do you tube.

Meus Amores,

Desejo que Nosso Senhor Jesus traga-lhes a ressurreição, a reconstrução, a renovação e a restituição em dobro de tudo que vocês necessitem para serem felizes e prósperos.


Feliz Páscoa!

Beijos Amo vocês.😻😺

domingo, 9 de abril de 2017

SÉRIE EMPREENDEDORISMO- FINANÇAS 3ª PARTE


Olá Meus Amores,


Nos posts passados mostrei para vocês como calcular o valor unitário da matéria-prima, achar o valor do produto, montar uma tabela de despesas fixas, claro no exemplo da tabela que dei, só coloquei algumas despesas para facilitar o entendimento, mas na de vocês deverá constar todas as suas despesas, ensinei também a achar o valor de custo do seu produto e como calcular o valor de venda.

Neste nosso último post sobre finanças vou mostrar para vocês, porque não devemos fazer um empréstimo para abrir nossa empresa e darei dicas para vocês juntarem mais dinheiro.

No questionário que deixei na primeira matéria sobre empreendedorismo perguntei se vocês tinham o capital total, ou fariam um empréstimo.

Também falei que não é aconselhável fazê-lo e que muitas franquias também advertem para que seus franqueados não o façam.

Vamos entender isso:
Imaginem a seguinte situação: você tem R$ 50 mil e deseja abrir um negócio de R$ 100 mil, logo você tem a metade do valor e vai financiar a outra metade, levando em conta uma variação das taxas de juros, entre 4% a 6% ao mês.

Bom sabemos que o calculo dos juros são feitos em juros compostos, ou seja, juros sobre juros, além de algumas outras tarifas como IOF, no final você estará pagando quase o dobro do valor emprestado.

Além disso, você estará abrindo um negócio completamente descapitalizado e também já falei para vocês sobre a necessidade de ter um capital de giro, de uma reserva para problemas eventuais e um capital que pague suas despesas e da empresa pelo menos por um ano.

Agora você tem um empréstimo, tem um negócio para tocar, mas não tem capital de giro e nem nenhum outro capital.

Ai por um motivo qualquer, seu negócio não prosperou como você desejava e teve que fechar as portas, parar de produzir, moral da história:

O que sobrou?

Uma bela de uma divida para você pagar.

Mas então, o que fazer?

Você deve adiar a abertura, se programando, em vez de fazer um empréstimo, você pode aplicar seu dinheiro em um bom investimento de renda fixa que lhe gerará um bom lucro.

Outra alternativa é usar uma pequena parte do seu capital em um negócio alternativo que te gere mais renda e assim juntar o dinheiro que você vai necessitar para seu tão sonhado negócio.

Lembre-se:

Nunca invista em coisas mirabolantes que te prometem retornos imediatos, você pode estar sendo vitima de um golpe.

Faça uma tabela de despesas fixas e consumos do mês das suas despesas pessoais, vejam onde vocês podem estar reduzindo custos e economize, junte este dinheiro e guarde numa caderneta de poupança.

Só aplique seu dinheiro no mercado de ações se você realmente souber como funciona, souber a hora de comprar e vender as ações, esta pode ser uma boa opção, mas de maior risco de você ficar sem nada, por isso cuidado.

Sobre os investimentos de renda fixa consulte o seu gerente e veja qual a melhor opção para você, mas tenha em mente que este dinheiro não poderá ser mexido por um longo tempo para que você realmente tenha lucro, por isso tire uma pequena parte e coloque na poupança, caso você tenha uma emergência, não terá que mexer na aplicação.

Agora você não tem nenhum capital e não sabe como fazer para juntar, ou você não quer abrir um negócio mas deseja juntar dinheiro para uma viagem, comprar um carro ou até mesmo sua casa própria, veja no vídeo o depoimento da Deni.





Beijos meus amores!😻😺

quinta-feira, 6 de abril de 2017

Série Tricô - Ponto Borda / Como Consturar


Olá Meus Amores,

Vocês já ouviram falar do ponto borda?

Esse ponto é usado para dar um acabamento nas laterais do seu trabalho de tricô.
  

Talvez vocês já tenham visto alguma receita de tricô onde estava escrito por exemplo: monte 17 pontos na agulha, mais dois pontos borda.

Os dois pontos serão sempre o primeiro e o ultimo da agulha e sempre serão feitos da mesma forma, passa o primeiro ponto sem fazer e o último tece sempre em ponto tricô.

Vejam, no vídeo como é fácil de fazer:





Deni acabei de tecer um trabalho e preciso costurá-lo, como eu faço?

Quando vocês terminarem de tecer o arremate dos pontos, deixem um bom pedaço de lã para poder costurar e vão pegar de nó em nó, não pode ser no ponto e sim no nó.

Vejam, no vídeo como também é fácil de fazer:






Na próxima semana, estarei ensinando vocês a fazerem um lindo cachecol.


Beijos Meus Amores!😻

domingo, 2 de abril de 2017

SÉRIE EMPREENDEDORISMO - FINANÇAS PARTE II


Olá Meus Amores,

Semana passada mostrei para vocês como calcular o preço unitário da matéria-prima.

Também vimos, como calcular os gastos para fazer um produto.

Hoje, vou ensiná-los ainda utilizando o bolo de chocolate como exemplo de produto, como fazer para achar o valor total de custo de cada fatia e por quanto a Deni deverá vendê-las para ter lucro.

Exemplo: Deni faz seus bolos em casa e os vende para seus colegas de faculdade.

Já sabemos, que o valor de uma receita de bolo sai por R$ 24,38 e que rende 20 pedaços.

Logo, a Deni leva toda segunda, quarta e sexta, dois bolos para ser vendido, isso da:

2 bolos x 3 dias da semana = 6 bolos
6 bolos x 20 fatias = 120 fatias por semana
5 semanas x 120 fatias = 600 fatias por mês.

Neste exemplo, sabemos também que a Deni tem outros gastos para fazer o bolo como: tempo, água, luz, gás, embalagem, condomínio, tinta da impressora, etiquetas e transporte.

Para preparar os bolos, enfeitá-los, lavar os utensílios, etc a Deni trabalha 4 horas e tira um salário mensal de R$ 1.500, 00.

Com todos estes dados podemos:

Montando a Tabela II – Despesas Fixas
Despesas Fixas Valor Quantidade Fatias Valor Unitário
Conta de água R$ 75,00 600fatias R$ 0,13
Conta de luz R$ 87,00 600 fatias R$ 0,15
Botijão de gás R$ 60,00 600 fatias R$ 0,10
Embalagem c/ 600 un. R$ 75,00 600 fatias R$ 0,13
Condomínio R$ 600,00 600 fatias R$ 1,00
Tinta Impressora R$ 100,00 600 fatias R$ 0,17
Etiqueta C/ 600 un. R$ 150,00 600 fatias R$ 0,25
Salário R$1.500,00 600 fatias * R$ 2,50
Transporte R$ 7,60 600 fatias R$ 0,13




Sub Total

R$ 4,56

*Obs.: O salário por hora é de R$ 2,50 como a Deni trabalha 4 horas os R$2,50 deverá ser multiplicado por 4 horas, ficando igual R$ 10,00

Agora que já sabemos qual as despesas da Deni, iremos calcular o valor de cada fatia de bolo e por quanto a Deni deve vender cada fatia para ter lucro.

Acompanhe as cores na operação abaixo:

Somando: custo de um bolo + desp. fixas + salário = valor do bolo : pelas fatias x fator comercial = valor unitário, ( fator comercial + valor unitário= valor de venda
Ou seja: 24,38+4,56+10,00=38,94 : 20 = 1,947 x 1,20 = 2,3364+1,947= 4,2834

Para facilitar o troco a Deni vende cada fatia por R$ 4,50.

Vamos ver se ela realmente esta tendo lucro:

Por mês a Deni gasta R$ 1.168,20 e ganha R$ 2.700,00 = (R$ 2.700,00 – R$ 1.168,20 = R$ 1.531,80 ), sim ela esta tendo o lucro, tirando o valor do salário que ela estipulo ganhar.

Veja o vídeo e entenda melhor o conceito.



Dicas Extras:

Caso você compre a matéria-prima com desconto, em promoção, não altere sua tabela, porque este valor já vai te entrar como lucro.

Agora se os materiais aumentarem, ai você terá que ver uma forma de reduzir despesas, caso não queira repassar este aumento para seus clientes.

Em ultimo caso informe seus clientes que o valor aumentou por causa do aumento dos produtos e que infelizmente você teve que aumentar também.

Nunca mexa na qualidade de seus produtos, lembre-se ele é o carro chefe do seu negócio.

Tenha sempre separado suas despesas pessoais, das despesas do seu negócio.

Como contas correntes, cartões de créditos, despesas fixas, etc....

Você também pode fazer uma tabela para controlar melhor suas despesas pessoais.

 

 Beijos Meus Amores! 😺😻